Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

6 lições sobre o que é uma empresa competitiva

Como se destacar na multidão e o que é uma empresa competitiva atualmente? Não é só as grandes empresas que seguem esse conceito, como a Apple, KFC e tantas outras, mas também pequenas e médias empresas – sendo boa parte dos empreendimentos no Brasil – necessitam de estratégias de competitividade.

As grandes corporações são excelentes exemplos quando falamos sobre o que é uma empresa competitiva. Afinal, os negócios que investem em estratégias competitivas conseguem tirar uma boa fatia do mercado por meio de vários fatores que vamos destacar a seguir com o auxílio do especialista em gestão empresarial, Adriano Nodari.

1- Excelente atendimento é essencial

Falar sobre o que é uma empresa competitiva é primordial citar o ótimo atendimento. Parece óbvio, mas muitos comércios perdem concorrência por fracassar nesta etapa.

O caminho para atender o cliente cada vez melhor não tem segredo: invista em treinamento e qualifique funcionários para essa tarefa. Pesquisa citada na Forbes aponta que 75% dos clientes observam o atendimento da empresa como um teste de competência.

2- Quem é a concorrência?

Para saber essa informação vai precisar pesquisar, normalmente essa é uma das etapas do planejamento estratégico para qualquer empreendedor. Segundo o consultor empresarial ter conhecimento sobre os concorrentes, produtos, serviços e ponto de venda é de suma importância.

“Após essa análise vai identificar a área em que pode competir ou mesmo serviços que a concorrência ainda não oferece – o que é melhor ainda melhor. Evite entrar em guerra de preços!”, alerta.

Leia também: 7 erros cometidos na gestão que podem arruinar o negócio.

O modo de lidar a concorrência se modificou ao longo dos anos. Atualmente, é preciso conhecer os ‘rivais’, mas o segredo está muito mais intrínseco na própria empresa e no modo como administra principalmente as pessoas envolvidas – funcionários e clientes – tal como a gestão financeira.

3- Quem são os seus clientes?

Entre os três elementos necessários para uma empresa ser competitiva podemos citar o conhecimento sobre o cliente e suas ‘dores’. Essa é outra etapa do planejamento empresarial que deve ser seguida.

O perfil do cliente pode variar bastante, por exemplo, em cenário econômico instável. É válido levar em conta o que ele busca no momento, poder ser preços acessíveis, mais opções de produtos ou atendimento personalizado. Nodari aponta três elementos necessários para uma empresa ser competitiva:

  1. Cultura de Inovação e Qualidade;
  2. Estratégias, objetivos e ações centrados no cliente;
  3. Ter um diferencial competitivo – o que temos que os concorrentes terão dificuldade de copiar.
  4. Saber as necessidades e perfil do cliente será essencial para aplicar estratégias de marketing eficientes.

4- Admita erros e corrija os problemas

Sabemos que as redes sociais e a interação digital exigiram que muitas empresas acordassem para a realidade instantânea. O cliente expressa praticamente de forma automática sua queixa, seguidores e outros possíveis clientes interagem e observam a postura da empresa.

Uma resposta torta ou falta de assistência às necessidades do cliente coloca qualquer reputação por água abaixo. Saiba que o feedback negativo se alastra em tempos de redes sociais, portanto invista sempre em estratégias de comunicação para melhorar o relacionamento.

Admitir o erro é crucial e esteja disposto a melhorar. Nodaria ressalta que o velho ditado “O cliente tem sempre razão” não é um fato, mas uma vez que ele esteja certo diante de um péssimo atendimento, serviço ou produto – merece o devido respeito e no mínimo um pedido de desculpas e reparo. O atendimento mais uma vez é um dos pilares iniciais para definir o que é uma empresa competitiva.

“Se ele estiver equivocado, merece ser ouvido, nesse caso em particular, pois pode ter dúvidas específicas e necessite de uma atenção especial”, acrescenta.

5-  O manual para lidar com a concorrência

  1. Conhecer e estudar o mercado (clientes, concorrência, tendências, etc);
  2. Não subestimar a concorrência – a sua inovação de hoje é o passado de amanhã;
  3. Oferecer valor e não preço – evite entrar na guerra de preços;
  4. Conhecer os erros dos concorrentes para não os repetir;
  5. Ofereça produtos ou serviços melhores com valores cada vez mais competitivos;
  6. Monitore a concorrência, mas não a tal ponto que te paralise – o seu principal foco é o cliente;
  7. Seja Ético.

6- Inspiração em competitividade empresarial

O consultor de negócios cita como exemplos sobre o que é uma empresa competitiva a Apple.  “Apple é a empresa que segunda a teoria de Kim e Mauborgne navega no Oceano Azul, pois sempre estão na frente da concorrência e não há ninguém a sua frente (só o oceano azul)”.

Porque é tão difícil competir com a Apple:

  1. Tem um propósito claro – produtos inovadores e intuitivos;
  2. Centrada na experiência do cliente;
  3. Vende valores e não preço;
  4. Alto investimento em inovação, tecnologia e qualidade;
  5. Produtos únicos (sob a percepção do cliente).