Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Como a análise de concorrência é um fator importante para o meu negócio

Para uma empresa sobreviver, seja iniciante ou autoridade no mercado, é fundamental que ela entenda o comportamento de seus concorrentes. Para isso, é feita uma análise de concorrência, uma técnica que norteia empreendedores e gestores na tomada de decisões e definição de estratégias para pequeno, médio e longo prazo.

Você que está aqui lendo este artigo, já deve ter se deparado vasculhando em sites, redes sociais e até lojas de seus concorrentes para ver o que eles estão fazendo. No entanto, é preciso ir muito além para analisar o mercado em que está inserido de maneira estratégica e que possa te entregar dados relevantes para direcionar o rumo de sua empresa de maneira assertiva e com riscos minimizados.

Porém, apesar da importância desta análise, muitas vezes deixa de ser feita, pois a maioria dos empreendedores tem domínio em sua atividade mas não estendem seu conhecimento a ponto de dominar ações estratégicas para garantir a integridade de seu negócio.

Para que você não pertença a este grupo de empreendedores e consiga garantir o presente e futuro de seu empreendimento, separamos neste artigo algumas informações vitais para você entender a importância de uma análise de concorrência e começar a aplicá-la.

Por que a análise de concorrência é tão importante?

De uma maneira geral, a análise de concorrência é um estudo que permite uma empresa a atuar de maneira diferenciada, inovadora e competitiva. Três características importantes para o sucesso de qualquer negócio.

Este tipo de técnica é fundamental, pois com ela é possível saber o que acontece ao seu redor antes de efetivamente focar em sua própria empresa, afinal, não se pode sair dando tiros no escuro, provavelmente você errará o alvo e gastará munição (dinheiro) à toa.

Por isso, é importante entender o que está acontecendo a sua volta, uma vez que seus concorrentes podem ser um “espelho” de seu negócio. Além disso, é uma forma de não gastar tempo e recursos produtivos com produtos e serviços saturados no mercado e/ou dominados por uma grande marca. Não que seja impossível competir com grandes players, entretanto, para ter alguma chance, é preciso ser estratégico e investir no seu diferencial. Mas, qual o seu diferencial em relação a seus concorrentes? Você já sabe?

Uma análise de concorrência é o que te entrega a oportunidade de jogar onde é mais fácil de ganhar, é uma maneira de aprender com seus rivais, entender os pontos fortes e fracos deles, e com isso aperfeiçoar os diferenciais de seu negócio.

Também, capacita os gestores e empreendedores com a competência de entender as situações e oscilações do mercado, e a usar este conhecimento para tomada de decisões rápidas e assertivas que permitam à empresa alcançar um diferencial competitivo de maneira ética e saudável no mercado.

O que é preciso para realizar uma análise de concorrência

São 3 as etapas que constituem uma análise de concorrência básica, confira:

1º Etapa – Autoconhecimento

O primeiro passo a ser tomado para executar sua análise é conhecer minuciosamente sua empresa para poder identificar quem realmente são seus rivais no mercado. Busque por defeitos e qualidades em seus produtos, serviços e processos. Analise também se você tem a capacidade de atender uma demanda maior com qualidade e se seus fornecedores podem suprir suas necessidades neste cenário projetado. Também é importante analisar se seus produtos/serviços igualam, superam ou estão abaixo do nível do mercado.

2- Etapa – Identificar quem são seus concorrentes

Após conhecer a fundo sua empresa, você consegue identificar quais possuem características semelhantes a sua. É importante neste momento, se colocar no lugar dos clientes para agrupar os concorrentes similares à sua empresa.

Comece a análise pelos maiores representantes de seu segmento, que são as empresas que têm o controle do mercado que você participa e servem como referência tanto para você, quanto para os outros concorrentes. Siga essa ordem, reduzindo o filtro até chegar nos concorrentes fisicamente próximos. Não deixe de realizar uma pesquisa de mercado durante esta etapa.

3- Etapa – Verificar quais as estratégias estão sendo usadas pelos concorrentes

Depois de identificar seus concorrentes, comece a analisar as estratégias que estão sendo usadas por eles. Campanhas de marketing digital, promoções, eventos, novos produtos, abordagem aos clientes e outros diferenciais específicos de cada um. Com essas informações, você consegue identificar quais os pontos fortes, fracos dos rivais e entender quais as medidas necessárias para se destacar e ter sucesso perante eles. Além disso, durante nesta etapa você consegue ter uma noção fundamentada sobre o que motiva e chama atenção de seu público alvo.

Com todas as informações coletadas durante sua análise de concorrência, você consegue um “mapa” com o caminho, os perigos e atalhos para alcançar seus objetivos. Use os resultados desse estudo para inovar e aperfeiçoar ao máximo seus produtos e serviços.

E então, gostou de entender a importância da análise de concorrência para seu negócio? Se quiser aprender muito mais sobre gestão empresarial e ferramentas para gerir sua empresa continue no blog! Para tirar dúvidas e saber como potencializar seus resultados entre em contato.