Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Controle suas despesas fixas: um importante aliado no seu resultado

Seja qual for sua atividade econômica é fundamental ter um orçamento organizado para garantir uma vida financeira saudável. Para conquistar essa meta é vital ter um controle rígido das despesas fixas pois, nem sempre tudo que é classificado como isso é realmente indispensável. Desta forma, manter o controle sobre todos esses valores que saem de forma periódica é providencial para conseguir crescer e ter prosperidade em um negócio.

Ter atenção no dinheiro que sai do caixa todo mês é a garantia de ter sustentabilidade e bons resultados no negócio, seja em curto, médio e/ou longo prazo. Por isso, neste conteúdo, iremos te ensinar algumas formas de controlar suas despesas fixas para que você não se afunde financeiramente por gastos mal planejados e mal analisados. Boa leitura!

Para aprender mais: Estratégia Financeira: quais são os passos e os cuidados na sua elaboração

5 Dicas infalíveis para realizar um bom controle de suas despesas fixas

As despesas fixas são inevitáveis, no entanto nem todas elas são realmente necessárias, sempre existem formas de enxugar os gastos para manter o equilíbrio financeiro e melhorar a rentabilidade. Para você se nortear na hora de controlar uma das etapas mais importante na gestão de uma empresa, fizemos essas lista com 5 Dicas infalíveis para realizar um bom controle de suas despesas fixas. Confira:

Dica 1 – Registre todas as suas despesas

Sendo fixa ou variável, a sua renda sempre será subtraída em determinados dias do mês, pode ser dia 5, 15 ou 30, não importa, as despesas fixas são inerentes, independente se o caixa terminou o período de 30 dias positivo ou negativo. Além disso, elas não estão relacionadas com suas vendas, por isso, é impossível gerir uma empresa sem o registro minucioso de todas elas.

Para iniciar o seu controle absoluto de despesas fixas, no início do próximo mês começe a realizar um controle efetivo do que você obrigatoriamente tem que pagar. Utilize planilhas ou SaaS para realizar esta operação de maneira controlada e que ofereçam rápido acesso para inserir ou remover dados e realizar análises. Para estimular o hábito de registrar tudo, você pode começar usando um livro caixa e fazer o controle a mão.

Leia também: Indicadores de Desempenho Financeiro

Dica 2 – Avalie sua renda

Como as despesas fixas são semanais, quinzenais e/ou mensais é importante que você analise qual a quantidade mínima necessária de capital para cumprir com suas obrigações financeiras. Por este motivo, é obrigatório realizar avaliações periódicas em sua renda.

O resultado do cálculo entre o quanto ganha menos o quanto despende com fixas deve ser sempre positivo, caso contrário, seu caixa vai ficar no negativo ao pagar essas despesas e nenhum dinheiro sobrará para os gastos variáveis, que são imprevisíveis e por isso é aconselhado deixar uma certa porcentagem de capital reservada para este tipo de despesa.

Dica 3 –  Fuja das dívidas

Após ter avaliado sua renda, você saberá qual é o seu poder capital e com essa informação valiosa você consegue determinar o tamanho dos passos que pode dar. Então, não se deixe levar, sempre que for investir em algo para a empresa leve em consideração o quanto pode gastar para não se endividar. Além disso, pagamentos atrasados também geram prejuízo devido ao juros usado como penalidade para este tipo de situação, desta forma, é imprescindível realizar seus pagamentos em dia.

Caso seja necessário realizar algum tipo de empréstimo ou financiamento para arcar com despesas passadas, analise minuciosamente as taxas de juros e negocie valores com seu gerente do banco e se programe para pagar todas as parcelas no prazo correto, caso contrário, você só estará fazendo mais um dívida.

Dica 4 – Invista seu dinheiro e abra uma poupança

O que seria a vida senão uma caixinha de surpresas, não é mesmo? Elas são inevitáveis, mas existem formas de atenuar ou eliminar os danos causados por elas. Para isso, procure formas de investimento seguras e/ou armazene seu dinheiro em uma poupança específica para este tipo de eventualidade, pois, prevenir é muito menos custoso do que remediar.

Dica 5 – Conte com a ajuda de uma consultoria empresarial

Este tipo de serviço, esclarece todas as informações relacionadas ao financeiro de sua empresa além de realizar análises e controles financeiros para garantir o equilíbrio econômico. O objetivo dessas ações é entregar agilidade e precisão nas decisões cotidianas e no planejamento financeiro de um negócio.

Uma consultoria empresarial vai além disso, o principal objetivo deste tipo de serviço é atender demandas pontuais e específicas de empresas de todos os portes de maneira integrada, realizando, unindo e abordando as seguintes ações:

Pronto, com essas 5 dicas é muito provável que você consiga controlar suas despesas fixas além de melhorar os resultados do seu negócio. Se quiser aprender mais sobre gestão de empresas, tendências de mercado, novas tecnologias para as empresas continue no blog. Para transformar a sua empresa e conquistar a boa saúde financeira de seu negócio entre em contato com um de nosso consultores especializados!