Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Como conseguir empréstimo para empresa – Saiba o que é mito e verdade

O empréstimo empresarial é um recurso necessário para os negócios que pretendem crescer. Se você quer saber como conseguir um empréstimo para empresa sem cair em armadilhas e dívidas esse conteúdo pode ser bastante útil.

Além de consultar menor taxa de juros, o empresário necessita ter conhecimento sobre todas as ferramentas que podem contribuir para o avanço da empresa, até mesmo a possibilidade de extrair capital de terceiros.

Confira o que é mito e verdade e fique atento as dicas de como garantir empréstimo para sua empresa sem dor de cabeça com a participação do consultor, Adriano Nodari.

Verdade – Tenha um planejamento traçado

Antes de recorrer ao crédito é de suma importância estabelecer um destino para o capital e fazer a seguinte pergunta: em qual setor esse financiamento irá atuar?

Seja no pagamento dos funcionários, compra de equipamentos mais modernos e produtivos, é essencial realizar um planejamento que leve em conta o valor necessário do empréstimo.

“A partir do capital estabelecido o empresário evita o empréstimo de valores desnecessários e a pagar maior taxa de juros por conta disso”, acrescenta Nodari.

Mito – Não vale a pena optar pelo capital de terceiros

O capital de terceiros é um recurso de financiamento empresarial que ainda gera muita insegurança. A dúvida é: optar pelo capital próprio ou contar com o capital de terceiro para ampliar o negócio?

“A pergunta que todo empreendedor deve fazer antes de pesquisar como conseguir um empréstimo para sua empresa é se os recursos disponíveis (capital próprio) não são suficientes para atender determinada demanda”, sugere Nodari

Muitas vezes, em um curto tempo o empresário terá em mãos o valor que almeja investir sem precisar recorrer ao empréstimo livrando-se  das taxas.

Leia: 8 Vantagens do controle financeiro em um negócio. 

Antes da decisão pelo empréstimo é importante estabelecer a estrutura de capital da empresa, o quanto de capital de terceiros e próprio é adequado para uma maior rentabilidade do negócio. Confira abaixo alguns exemplos:

Negócios de alto risco: opte por dívidas baixas. Lembrando que quanto maior a dívida, consequentemente cresce o risco;

Opções variadas de empréstimos: existem empresas que conseguem boas propostas de financiamentos e juros menores possíveis. Opte por credores (possíveis investidores) de confiança e perfil ético;

Estabeleça o perfil da empresa: arrojado que faz empréstimos sempre que precisa ou mais conservador, evita a todo o custo dívidas?Isso é importante para o planejamento futuro. Trace uma estratégia que seja coerente com o seu perfil.

Verdade – Tenha no planejamento o cálculo do retorno  

Pensar no retorno do empréstimo é uma afirmação verdadeira e muito importante para realizar financiamentos empresariais com segurança e a evitar apuros.

Esse cálculo pode ser feito de forma simples. Após contabilizar o valor necessário para o empréstimo e ter em mente o destino, divida o empréstimo que será tomado por uma estimativa do lucro no período.

“Ter traçado a rentabilidade da empresa e realizar esse cálculo simples é um dos primeiros passos para justificar se é viável ou não fazer o empréstimo no momento, seja ele por capital de terceiros ou próprio”, aconselha Nodari.

Além do prazo para pagamento da dívida, considere também as taxas de juros no período vigente do financiamento. “A empresa necessita de certa forma estar com o planejamento financeiro em dia, sobretudo o fluxo de caixa”, completa o consultor empresarial.

Leia também: Controle do fluxo de caixa é determinante nas finanças.

Confira mais dicas no vídeo

Mito – Empréstimo é uma encrenca para as finanças do negócio

O empresário mais conservador vai fazer vista grossa para o capital de terceiros como meio de expansão do negócio. Até certo ponto essa conduta é compreensível, uma vez que a decisão não pode ser tomada sem antes traçar um planejamento e alinhar estratégias para não gerar futuros problemas.

Além dos financiamentos tradicionais via instituições financeiras, hoje é possível contar com empréstimo online com auxílio das plataformas que atuam especialmente no ramo empresarial.

Outro medo comum é a perda do controle do negócio, uma vez que o investidor pode ser uma espécie de “sócio oculto”, como o investidor anjo, por exemplo, bastante adotado entre as startups.

“A grande sacada para aproveitar os fundos de investimento e aplicar na expansão do negócio é possuir um panorama geral da situação financeira da empresa. Estar seguro quanto aos objetivos da empresa, do fluxo de caixa e do retorno que o investimento pode agregar no negócio sem comprometer as finanças”, argumenta Nodari.

Mito – A pontuação de crédito é um impedimento para pequenas empresas

As pequenas empresas teve um crescimento recorde no Brasil nos últimos anos, sem contar que movimentam boa parte da economia no país. Diante desse cenário as políticas de concessão de capital passaram por atualizações e a considerar outros fatores além das pontuações de crédito.

Como conseguir um empréstimo para empresa por meio de financiamentos e avaliação de crédito vai levar em conta o histórico do negócio, receitas e principalmente o fluxo de caixa.

“Esse é um processo que expandiu o leque de possibilidades de aquisição de crédito para pequenas empresas. E sempre que possível procure ajude profissional de sua confiança.”, conclui o consultor de negócios.