Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Conheça as 4 etapas para criar uma empresa da maneira correta

São inúmeros os motivos que levam as pessoas a montar o próprio negócio, mas conhecer bem as etapas para criar uma empresa é fundamental para garantir que tudo aconteça da maneira correta e sem surpresas antes mesmo de levantar as portas.

Toda a papelada, taxas e impostos podem parecer um obstáculo gigantesco na hora de abrir sua empresa, mas saiba que, ao organizar e agrupar todos os documentos necessários para realizar os devidos procedimentos, o pesadelo pode ser atenuado.

Como você está em processo de criação e desenvolvimento de seu negócio, é interessante começar a se preocupar com os trâmites legais após o planejamento e antes do início de suas atividades.

Para que você não passe noites em claro pensando em como vai fazer para abrir seu negócio minimizando todos os riscos, montamos este passo a passo para te guiar, acompanhe.

Defina que tipo de negócio vai abrir

Pode até parecer óbvio que a primeira etapa para criar uma empresa é definir que tipo de negócio ela será. Não é tão simples assim, muitas empresas estão fadadas ao fracasso antes mesmo de começar, tudo por causa de uma má definição.

Confira: Como dar um nome para minha empresa? – 11 Dicas essenciais

Nesta etapa, é muito importante identificar seu perfil. Observe as perguntas abaixo:

  • Que tipo de empresa pretende abrir? Franquia? Escritório em casa? E-commerce? Cooperativas?
  • Você possui as habilidades necessárias para empreender no segmento de sua escolha?
  • Você se identifica com o tipo de produtos e/ou serviços que pretende oferecer?

Após obter as 3 respostas, você está pronto para definir seu tipo de empresa. O próximo passo é desenvolver um planejamento que servirá como estrutura para a criação de seu negócio.

Para aprender mais: O que preciso saber antes de abrir uma empresa – Confira passo a passo

Planejamento

Esta ferramenta irá garantir que você aplique seus esforços em uma ideia central, sem desperdiçar tempo atirando para todos os lados e gastar recursos em pontos sem retorno.

Na criação de seu planejamento inicial será necessário buscar informações relacionadas ao mercado e seu público alvo.

Para analisar o mercado que pretende atuar, você deverá ir além do que seus concorrentes oferecem e se aprofundar nas oportunidades e obstáculos de seu segmento.

Leia Também: Ative o crescimento da pequena empresa em 2019

É preciso também levar em consideração que a transformação digital aumentou a velocidade das alterações nos hábitos de consumo. Por isso, fique de olho nas tendências e determine se o produto que pretende oferecer é o que seu público alvo precisa/procura.

Uma boa forma de fazer este tipo de análise é buscando na internet por palavras-chaves relacionadas ao seu segmento, a fim de identificar quais outras empresas estão investindo na mesma ideia que a sua.

Com tudo isso em mãos, é possível definir um objetivo realista e as metas para alcançá-los. Seja consciente, estabeleça parâmetros realistas.

Por exemplo: Se você abrir um restaurante, não queira ser o melhor da cidade, comece aos poucos, primeiro tente conquistar a rua, o bairro e assim por diante.

As metas servem como motivação e direcionamento dos rumos a serem tomados. Com elas você sempre terá um porquê em suas atividades e esforços. Por isso, estabelecê-las de maneira consciente é imprescindível para evitar frustrações e alcançar seus objetivos.

No planejamento também são definidas as fontes de investimento, como eles serão feitos para iniciar suas operações, materiais e recursos humanos necessários.

Para aprender ainda mais: Como montar uma estratégia empresarial: entenda o que fazer!

Agora estamos prontos para a próxima etapa.

Plano de marketing

Para que você consiga vender seus produtos e serviços é preciso que as pessoas saibam da sua existência, não é mesmo? Para isso, será fundamental contar com estratégias de marketing, principalmente o digital, já que a maioria das pessoas passam a maior parte do tempo conectadas e navegando web com seus smartphones.

Inicialmente, você precisará investir esforços e recursos em um site, páginas e perfis de redes sociais e outras formas de interagir com seu público.

Entenda que este é somente o passo inicial, é preciso formar uma boa network e ter engajamento com seu público, esta é a única maneira de obter resultados significativos.

Contar com ferramentas digitais é uma forma poderosa de apresentar sua visão, missão e valores, oferecer seus produtos e entregar valor à seus clientes.

Além disso, por meio da interação com seus usuários é possível identificar oportunidades e entender quais as reais necessidades de seu público e, desta maneira, desenvolver estratégias assertivas para entregar as soluções desejadas.

Resumidamente, um plano de marketing é desenvolvido a partir dos seguintes fatores:

  • Diagnóstico da empresa e do mercado em que está inserida;
  • Como a concorrência apresenta suas soluções e interage com o público alvo;
  • Quem são seus clientes? O que eles buscam?
  • O plano de ação – Visual, cores, aspectos, particularidades, logomarca, cartões, assinatura de e mails, redes sociais, landing pages, blog post, materiais ricos e etc.

São muitos os fatores a serem levados em consideração para a confecção de um plano de marketing eficaz, por isso, caso não tenha conhecimento e nem prática na área, busque um profissional qualificado.

Ao contrário do que muitos pensam, marketing digital não é somente ter uma presença virtual, compartilhar fotos e adicionar pessoas em sua network. São “n” fatores envolvidos que refletem nos resultados de diversas maneiras.

Depois de resolver as duas primeiras etapas para criar uma empresa, podemos ir para a última, é o registro de empresa. Entenda como fazer.

Registro da empresa

Esta etapa representa todos os processos burocráticos necessários para tornar real seu empreendimento. Graças à tecnologia e a acessibilidade que ela proporciona, a maioria dos procedimentos podem ser feitos online.

Primeiramente, deve ser definido o tipo, microempresa ou MEI. No caso de microempresa é necessário registrar na prefeitura, receita federal e previdência social. Para alguns segmentos específicos, são necessários registros na Entidade de Classes, Secretaria de Meio Ambiente e outros órgãos públicos de fiscalização.

Caso você pretenda se registrar como MEI, todo processo de registro pode ser feito online.

Não deixe de consultar os valores específicos para cada modalidade de registro.

Chegamos ao final deste conteúdo e agora você já está pronto e conhece as etapas para criar uma empresa. Provavelmente, você precisa de mais informações para garantir que seu negócio dê resultados, e aqui em nosso blog você pode aprender muito mais sobre como administrar seu empreendimento.

Summary
Conheças as 4 etapas para criar uma empresa da maneira correta
Article Name
Conheças as 4 etapas para criar uma empresa da maneira correta
Description
São inúmeros os motivos que levam as pessoas a montar o próprio negócio, mas conhecer bem as etapas para criar uma empresa é fundamental para garantir que tudo aconteça da maneira correta e sem surpresas antes mesmo de levantar as portas.
Author
Publisher Name
Nodari Consultoria
Publisher Logo