Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Avaliação 360 graus – método que avalia comportamentos e competências

Avaliação 360 graus é um método importante em um negócio e faz parte do desenvolvimento organizacional e da gestão estratégica de pessoas. Essa avaliação de desempenho também pode ser conhecida como: Feedback 360 graus; Avaliação Multivisão e Feedback com Múltiplas Fontes.

A avaliação 360 graus leva esse nome porque resulta nos feedbacks simultâneos de todas as hierarquias da empresa sobre cada membro da equipe. São ouvidos os superiores, equipe, clientes internos e externos, ou seja, toda a organização passa por avaliação e até mesmo o funcionário se autoavalia.

O consultor Adriano Nodari acredita que o que torna um feedback de fato últil é quando engloba todos os setores da empresa e é encarado como parte da cultura do negócio:

“Muitas empresas aplicam o feedback como avaliação de praxe, sem considerar a importância desse método. É essencial que seja feito com periodicidade e não apenas uma vez por ano como em muitas empresas. O feedback também tem como finalidade promover o diálogo. Uma pergunta aberta pode gerar uma resposta que leva a uma conversa. O ideal para ser eficaz é que não seja um monólogo.”

Nodari acrescenta que um dos fatores que possibilita um feedback útil é o ambiente, que dependerá da cultura da empresa, a avaliação pode ser feita em um local reservado, em uma sala apropriada para tal ou em um local mais descontraído como em um café ou área da empresa que seja menos formal.

A avaliação 360 graus basicamente é realizada por meio de um modelo de questionário, que depois de preenchido, oferece informações dentro dos parâmetros de comportamento e competências considerados importantes pela empresa, e a partir disso, é possível facilitar o alcance de objetivos estratégicos à medida que os resultados são analisados.

Leia também: Clima organizacional – de que forma afeta nos resultados da empresa?

Avaliação 360 graus – como aplicar?

Geralmente, os modelos de avaliação utilizados são sucintos com três alternativas de resposta como: Nunca, Às vezes ou Sempre.

Essas perguntas propõem a autoavaliação e avaliação ao outro, e ao final de todo o processo, os fatores comportamentais e os que se referem à identificação ou afirmação de competências são analisados de uma maneira que podem ser trabalhadas estratégias para o desenvolvimento profissional, para a melhoria dos processos e para aumentar o engajamento entre as equipes.

Exemplos de perguntas que podem compor a avaliação 360 graus:

  • É autoconfiante?
  • Aceita opiniões diferentes da sua e demonstra flexibilidade?
  • Tem autonomia para tomar decisões?
  • Está disposto (a) a aceitar riscos?

Nodari alerta que é essencial que na avaliação 360 graus o líder tenha como importante habilidade trabalhada em si, a escuta ativa:

“Não vale apenas se preocupar com a formulação das perguntas, se envolver no desenvolvimento da avaliação de desempenho, mas não estar disposto a ouvir. É fundamental que o líder ouça e o faça com empatia, se colocando sempre no lugar daquele colaborador, estando apto a ouvir respostas positivas ou não e a lidar com possíveis conflitos.”

Para um método de avaliação 360 graus eficaz é fundamental que haja treinamento para que os membros da equipe tenham a habilidade de avaliar uns aos outros e a si. Aqueles que ocupam cargos na gestão também precisam estar aptos e ter em si a flexibilidade para lidar com as críticas daqueles que ocupam lugar abaixo de sua hierarquia no negócio.

Avaliação 360 graus – vantagens e desvantagens

De acordo com Nodari, dentre as principais características das vantagens do modelo de avaliação 360 graus estão:

  • Variedade de opiniões sobre cada membro da equipe;
  • Todos na hierarquia da empresa respondem questões sobre si e os demais;
  • Os membros da equipe recebem o feedback do que os demais membros, de maneira sintetizada, pensam sobre ele;
  • É um modelo de avaliação que pode despertar um sentimento de melhoria;
  • A variedade de opiniões pode tornar a avaliação mais apurada;
  • Trata-se de um método que tem como principal finalidade o aprimoramento.

E quanto às desvantagens?

Pode haver desvantagem na aplicação da avaliação 360 graus quando a importância da discussão em torno dos resultados é deixada de lado. Não se trata de um método conclusivo, isso porque reúne em seus resultados a subjetividade dos comportamentos na realidade, por meio de variadas percepções.

“A avaliação de todas as opiniões reunidas requer disposição por parte de todos os envolvidos. Os resultados precisam ser amplamente discutidos. Não importa o ramo da empresa ou se é pequena, média ou grande, o essencial é que exista essa preocupação com o desenvolvimento do negócio e pessoas, no final, todos podem ser beneficiados com melhorias”, finaliza Nodari.