Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Valorizar os colaboradores – Esse é um dos princípios em um negócio de sucesso

Quando se fala em liderança, logo vem à tona a importância de valorizar os colaboradores.  Em um primeiro momento a primeira reflexão em torno desse assunto é a de que um negócio não alcança o sucesso sozinho, depende de uma equipe.

Mas a valorização dos funcionários pode trazer muitos resultados positivos para um negócio, é o que acredita o consultor, Adriano Nodari:

“O mais importante que gosto de frisar é que valorizar os colaboradores deve fazer parte da cultura de um negócio. Não se trata de uma simples premissa, é o que torna um negócio sustentável. Imagine a empresa como um organismo vivo, e cada um na equipe representa uma parte importante que mantém esse corpo empresarial funcionando.”

Nodari acrescenta a importância de que a equipe seja constantemente ouvida, de que exista comunicação aberta entre liderança e colaboradores, e mais, o consultor alerta que em muitos casos, empresas só percebem a desmotivação de funcionários quando estes já estão desgastados a ponto de não conseguirem mais ficar na empresa.

Valorizar os colaboradores como premissa da liderança eficiente

O best seller O Monge e o Executivo, de James C. Hunter (veja), conta a história de um executivo (Leonard Hoffman) que se tornou monge e passou a compreender questões sobre si mesmo que dão ao leitor a possibilidade de refletir sobre o que é liderança de sucesso.

No livro, a liderança é compreendida como uma posição que influencia pessoas, fazendo com que tomem atitudes de acordo com a estratégia que foi repassada pela figura do líder. Se a equipe se envolve positivamente com a figura do líder, logo, se tornará engajada.

“Como você se comporta diante da sua equipe: de maneira autoritária ou passiva? Como as pessoas reagem quando solicita alguma tarefa: ficam acuadas ou demonstram admiração? Essas e muitas outras questões podem ser feitas a si mesmo pelos empreendedores. Liderar é complexo e está muito mais envolvido com empatia do que com autoritarismo”, acredita Nodari.

Imagine que você tenha em sua equipe pessoas que sejam focadas, proativas, eficazes, dentre muitas outras qualidades, ou seja, você não terá dificuldades em valorizar os colaboradores que apresentem esses atributos, certo?

Mas também faz parte da liderança a paciência com alguns colaboradores, a capacidade de conseguir mudar a maneira de pensar de algumas pessoas. Muitas vezes um colaborador não está rendendo em determinada função porque as suas qualidades e talentos estão mais voltadas para outras atividades.

A identificação do perfil de cada pessoa faz parte da liderança, e claro, também deve contar com uma equipe de Recursos Humanos que possa contribuir na identificação de qualidades, de pontos fracos e de pontos fortes.

6 premissas para valorizar os colaboradores, segundo especialista

  1. Respeito – Essa é a primeira premissa para a valorização da equipe, as pessoas desejam ser bem tratadas, querem desempenhar o seu trabalho com o respeito, principalmente por parte da liderança;
  2. Dê valor ao conhecimento de cada um – A Suíça é o país líder na valorização da diversidade na equipe em seus negócios (confira). A variedade de conhecimentos, as diferentes culturas, experiências, entre outros fatores, têm feito parte dos negócios de maior sucesso no mundo. Cada pessoa na equipe tem habilidades particulares e conhecimentos que devem ser valorizados pela liderança;
  3. Mostre à equipe o quanto é importante – O bom líder divide as tarefas na empresa de acordo com as habilidades de cada um dos colaboradores e quando valoriza a importância de cada um consequentemente contribui para que se autodesenvolvam;
  4. Recompense a equipe – E isso não se relaciona apenas com aumento de salário ou bonificações, faz parte de valorizar os colaboradores o elogio, o reconhecimento de seu trabalho através do feedback;
  5. Respeite a vida pessoal da sua equipe – Quando os colaboradores estão de folga ou em período de férias, licença-maternidade, etc., é importante respeitar esse tempo particular da equipe;
  6. Invista em treinamentos – Valorizar as pessoas que trabalham no seu negócio é acreditar no potencial de cada um, por isso, invista frequentemente em treinamentos de capacitação, dê as ferramentas necessárias para que a sua equipe se desenvolva.

Não espere o colaborador expressar verbalmente a desmotivação

“Sabe o que acontece em muitas empresas? Os colaboradores pedem demissão e muitos líderes podem pensar ‘Mas ele(a) nunca disse nada!’, realmente, nem sempre o funcionário não valorizado vai falar sobre a sua desmotivação com a liderança, isso porque sequer encontrou abertura para um diálogo”, alerta Nodari.

É importante sempre pensar nas pesquisas de clima organizacional como ferramentas importantes para que as empresas consigam identificar os sentimentos da equipe em relação à empresa, talvez em muitos casos, seja necessária uma avaliação mais profunda, como a avaliação 360º (confira).

Vamos pensar em dois perfis de colaboradores:

  1. Colaborador eficiente, engajado, proativo, entre outras qualidades, mas sem abertura de comunicação com a liderança e consequentemente desmotivado;
  2. Colaborador com qualidades e habilidades, muitas delas ainda não identificadas, que está na função que menos pode render, e não tem o apoio da liderança para o seu desenvolvimento.

“São dois perfis valiosos, e ambos sem a valorização por parte dos líderes. Quando colaboradores de qualidade abandonam a equipe, acredite, você não perde apenas funcionários, você perde também dinheiro, porque funcionário motivado rende mais nos processos em um negócio e todos saem ganhando”.

Valorizar os colaboradores é um dos princípios em um negócio de sucesso, ninguém chega ao topo sozinho: “Ser líder é estar junto para mostrar o caminho”, finaliza o consultor.