Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Importância da inovação nas empresas – investir nessa cultura é importante

A importância da inovação nas empresas é um tema que frequentemente surge no mundo dos negócios. Geralmente os colaboradores costumam privilegiar a cultura do desempenho em detrimento da cultura da inovação. Mas combinar as duas vertentes é essencial em um cenário em que os negócios precisam gerar receita ao mesmo tempo em que precisam pensar em inovações.

De acordo com o cientista e empreendedor brasileiro Silvio Meira, autor do livro Novos Negócios Inovadores de Crescimento Empreendedor no Brasil, ter a cultura do desempenho atrelada à cultura da inovação é essencial para que se tenha um alto grau de interação entre as pessoas em uma empresa. Para Meira, é preciso unir a gestão da criatividade ao time de desempenho.

O consultor, Adriano Nodari, enfatiza a importância da inovação nas empresas e dá como exemplo a linha de startups:

“Essa linha de negócios ressalta a necessidade de sempre pensar em novas soluções e produtos. Até porque nos dias de hoje é preciso sempre se atualizar e ter em mente que nada é definitivo. É preciso ter a mente aberta para pensar em novidades e trazer soluções inovadoras ao mercado. Inovar é como manter o fôlego do negócio”.

Importância da Inovação nas empresas – como estimular as inovações?

O que é inovação e criatividade? A criatividade é compreendida por muitos pesquisadores como força fenomenal. A criatividade é o primeiro passo de um processo que leva à inovação. Já a inovação, basicamente se refere à mudança capaz de trazer alguma novidade.

A importância da inovação nas empresas demanda o estímulo ao pensamento criativo e a novas ideias. Como estimular as inovações? Nodari ressalta o propósito como um dos princípios para se estimular a inovação em um negócio:

“Uma empresa que não tem um propósito claro, perde o norte. Ter um propósito firme ajuda a orientar os caminhos em um negócio. Na tomada de decisões, ao pensar em qualquer estratégia, o empreendedor precisa ter com clareza na mente o propósito de seu negócio. Alguns podem chamar de ideologia, outros de paixão, não importa a nomenclatura – qual a razão do seu negócio?”.

De acordo com o consultor, há alguns princípios que podem estimular a inovação em uma empresa:

Experimente a ideia – Teve uma intuição que pode representar uma inovação na empresa? Teste essa ideia, coloque em prática. É preciso experimentar para obter as análises necessárias. Em muitos casos, há mais de uma ideia para se testar, é essencial compreender como produtos e serviços serão percebidos, usados e quais as reações que gerarão no público. Um método para inovação, que inclui a experimentação, é o Design Thinking.

Perceber as novidades – Como se faz isso? Observando atentamente o mercado, pesquise sobre quais as expectativas do público. Vá em busca das ideias, traga as novidades: “Muitas vezes não parte do empreendedor uma ideia nova, parte de seu exterior, da capacidade de observar atentamente o contexto. Estar aberto a enxergar é essencial”, ressalta Nodari.

Colaboração – Reconhecer a importância da inovação nas empresas parte de uma equipe engajada, que discute junto, que ‘colabora’, e é primordial em uma empresa que está apta a inovações. As diferentes visões, habilidades e até o repertório de vida de cada integrante da empresa (sua origem, cultura, comportamentos, etc.), só agrega em equipes que trabalham unidas.

Leia também – Entenda como posicionar a sua marca no mercado de forma eficiente

Principais exemplos de inovação nas empresas

A importância da inovação nas empresas não pode ser ignorada, aliás, existe até avaliações anuais realizadas para identificar as empresas mais inovadoras como é o caso do Ranking Fast Company que reuniu as 50 empresas mais inovadoras de 2017.

A Amazon levou o primeiro lugar como exemplo inovador. A empresa conta com equipe especializada que busca inovações com foco em sempre melhorar a experiência do cliente.

A inovação, na maioria dos casos, está associada à criação de novos produtos/serviços, mas também pode se referir à criação de um ‘adicional’ (plus) a um produto/serviço já existente, também pode se fazer presente em uma nova abordagem com o cliente ou até em um novo jeito de lidar com a equipe que compõe a empresa. Só o fato de uma organização pensar em inovação, quando sequer falava sobre o assunto, já é um ato inovador.

Quando se pensa na importância da inovação nas empresas vale salientar que inovar é essencial para o pequeno negócio em um ambiente de voraz concorrência.  Nodari salienta que em um cenário de concorrência, em que muitos oferecem o mesmo produto/serviço, é sempre importante pensar em estratégias que tornarão o negócio diferente, inovador.

“Inovar é questionar até o produto que está oferecendo. Se coloque no lugar do seu cliente como consumidor do seu produto. A inovação é tratada como uma cultura, porque é uma maneira diferente de pensar o mercado. Ninguém tem a fórmula exata do sucesso, mas quando se tem curiosidade e se pensa na criatividade como ferramenta empreendedora, a inovação é constante”, finaliza.

Confira: Negócio com pouco dinheiro – isso é possível?