Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Como criar o marketing de relacionamento e a fidelização de clientes

O marketing de relacionamento e fidelização de clientes tem sido uma estratégia aplicada por muitas empresas. Agregar valor aos produtos e serviços e contar com as redes sociais são alguns exemplos que tem repercutido em excelentes resultados.

Aqui vamos definir o que é um bom marketing de relacionamento e fidelização de clientes. Saiba como aplicar na empresa e por onde começar.

Por que é importante valorizar os relacionamentos?

Aqui vamos falar não só do bom relacionamento com o cliente, mas em todos os aspectos sociais que incluem a empresa, seja com os fornecedores, funcionários e concorrentes.

O consultor empresarial, Adriano Nodari, destaca a importância de manter um bom relacionamento com os concorrentes, o que também faz parte de um bom marketing de relacionamento.

“A rivalidade com a concorrência são comportamentos do passado. Atualmente, sabemos que manter a comunicação com a concorrência e a “boa vizinhança” é uma excelente oportunidade de expansão de novos negócios e ajuda mútua”, explica.

O cliente precisa receber prioridade, sempre, segundo o consultor. Todas as etapas devem ser acompanhadas pela equipe, não basta vender. “Uma relação de confiança é quando o consumidor sabe que pode contar com a empresa a qualquer momento, sobretudo quando existir um problema”, pontua.

Explore as redes sociais

Essa é uma ferramenta crucial no início do marketing de relacionamento e fidelização de clientes. A comunicação estabelecida nas redes aproxima o cliente da empresa para esclarecimento de dúvidas, sugestões ou possíveis impasses.

É uma excelente porta de entrada para observar o comportamento do cliente, saber os gostos, preferências e até realizar pesquisas para futuros produtos ou melhorias.

Seja disponível para atender aos consumidores e estabeleça uma rotina de postagens e interação nas redes sociais.

Use a criatividade!

Mais uma vez vamos falar sobre a criatividade nos negócios e não é diferente no marketing de relacionamento e fidelização de clientes. Nem sempre implantar novidades é sinônimo de alto investimento em tecnologia e outros recursos.

Leia também: Venda valor, não preço! Entenda sobre esse conceito no negócio 

Exemplo de criatividade em marketing de relacionamento de baixo custo são os cupons ou programas de fidelidade que são feitos com um pequeno cartãozinho, conforme o cliente adquire produtos os espaços no cartão são carimbados.

O bacana é que esse método pode ser aplicado em diferentes tipos de negócio. Após completar a tabela de pontos, o cliente recebe um brinde. É importante que o presente seja algo interessante ao cliente e que não cause impacto financeiro para a empresa.

Faça ações de marketing de relacionamento com foco

Antes de aplicar o marketing de relacionamento e fidelização de clientes no negócio é imprescindível saber a ‘persona’, ou seja, a representação dos melhores clientes da empresa.

O que esse público busca? É por meio da análise que vai oferecer estrategicamente produtos, serviços, tal como a melhor forma de estabelecer contato com o consumidor alvo.

Crie um banco de dados com as principais informações estratégicas sobre o público alvo da empresa. É a partir dessas informações que aplicará o marketing de relacionamento direcionado e ainda mais assertivo.

E-mail Marketing estratégico

O e-mail marketing ainda é uma ótima fonte de estabelecer contato com o cliente, claro, de forma estratégica. Não vai encher a caixa de entrada do consumidor com notificações da empresa, mas aplicar o contato com inteligência e estratégia.

Bons exemplos de e-mail marketing:

  • Enviar lembretes de datas especiais, como o aniversário. Melhor ainda: oferecer desconto ou brindes nessa época;
  • Apresentar eventuais promoções e descontos;
  • Usar o canal para realizar pesquisas de satisfação.

Programas de Fidelidade

Antigamente essa opção era usada por bancos ou administradores de cartão de créditos e garantia pontos em cada compra que podiam ser trocados por milhas de viagens, por exemplo.

Hoje esses programas se expandiram para diferentes tipos de negócios e tem repercutido em excelentes resultados. Hotéis, restaurantes e empresas aéreas aproveitam para fidelizar clientes apontando benefícios toda vez que adquire aos serviços.

Também pode interessar por: 6 lições sobre o que é uma empresa competitiva.

Algumas vantagens são o parcelamento, produto bônus, como o café da manhã, entre outras ofertas. “Antes de aplicar esse tipo de marketing de relacionamento e fidelização de clientes tenha em mente que as bonificações não só devem atrair o público, como gerar lucros e não prejuízos”, alerta Nodari.

Por que investir em marketing de relacionamento? Realmente vale a pena?

A cada dia mais o marketing de relacionamento tem sido uma das principais ferramentas para atrair clientes e gerar competitividade no mercado.

Empresas não só devem focar em oferecer produtos e serviços, mas experiências que possam cativar o cliente, logo o bom relacionamento e comunicação são excelentes portas.

“O bom atendimento é imprescindível para fidelizar o público, mas quando falamos de competitividade de mercado destacam-se as empresas que oferecem algo a mais e que sabem encantar, até mesmo com pequenos gestos”, pontua o consultor.