Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Porque a definição de um valor de pró-labore para os sócios é importante para a gestão financeira

Muitos empreendedores no início de sua empresa, acreditam que é fundamental só investir e não realizar retiradas para garantir a saúde financeira do negócio. Este tipo de equívoco compromete as contas, é preciso definir um valor de pró-labore e entender como isso impacta na gestão.

Apesar da importância de saber como definir um valor de pró-labore, nem sempre o assunto é levado tão a sério quanto deveria, pois, empreendedores novatos julgam esta retirada como perda de dinheiro importante para estabilidade de seus negócios e acabam não optando por fazer isso de maneira adequada.

Por outro lado, também não se pode sair retirando dinheiro de seu negócio para resolver assuntos pessoais, afinal, a empresa é uma organização à parte, uma pessoa jurídica que necessita de seus recursos muito bem analisados para conseguir superar os desafios do mercado e sobreviver em meio a concorrência.

Assim, é vital definir um valor de pró-labore e determinar como será feita a distribuição dos lucros. Realizar essas definições é indispensável para alcançar o pagamento adequado de dois pontos diferentes: 1- Da função e representatividade dos sócios; 2- A remuneração do capital aplicado na empresa.

Entretanto, apesar de tamanha relevância e necessidade, a maioria dos empreendedores no início de suas atividades, não sabem a real importância do pró-labore. Para que você não comece operar sem esta definição ou para colocar o financeiro de sua empresa nos trilhos, neste conteúdo vamos te explicar por que é, o quão importante e quais os pontos necessários para definir um valor de pró-labore.

E então, pronto(a) para aprender? Boa leitura!

Leia também: Minha empresa cresceu: quais cuidados devo ter?

O que é pró-labore?

Antes de qualquer coisa, vamos deixar bem claro que pró-labore e divisão de lucros são coisas distintas! No primeiro caso, os sócios são remunerados pelas funções executadas dentro da empresa, no segundo eles recebem a parte que lhe cabem na divisão de lucros. Desta forma, os sócios que não executam nenhum trabalho na empresa não devem receber o pró-labore.

Este tipo de remuneração mensal, direcionado ao dono(a) e seus sócios (como se fosse um salário de um colaborador), é contabilizado diretamente nas despesas operacionais, o que significa uma vantagem importante para a empresa, pois o pró-labore possui valores que não são taxados pelo Imposto de Renda de Pessoa Jurídica.

Quais os motivos que o tornam tão importante para gestão financeira?

Primeiramente, é importante entender que definir pró-labore é obrigatório e válido a partir do mês de emissão da primeira nota fiscal.

O(a) proprietário(a) da empresa, assim como qualquer um de seus colaboradores, investe tempo e esforços trabalhando para garantir resultados, manter o negócio vivo e competitivo, assim, ele também precisa ser remunerado(a). Entretanto, não por isso a remuneração deve ser feita informalmente, de acordo com as demandas financeiras dessas pessoas.

A forma correta de remunerar o empreendedor e seus sócios, é com o pró-labore (mensal) e/ou retirada de lucro (geralmente anual).

É um erro grave o dono(a) e seus sócios que atuam nas rotinas diárias da empresa, não receberem mensalmente um valor pré definido para isso. Quando a definição do pró-labore não é feita, os custos operacionais e de projetos não são calculados corretamente, pois o(a) dono(a) e seus sócios trabalharam e isso gera despesas, afinal, tempo é dinheiro, locomoção, estudos e ferramentas não são nada baratos.

Quando esses valores são ignorados e o capital é retirado sem planejamento adequado, todas as finanças da empresa ficam bagunçadas, uma vez que não existe um controle e nem programação para essas retiradas. Além disso, se esses custos operacionais de empreendedor e sócios não são contabilizados, a definição do preço final de seus produtos e serviços não será feita corretamente.

Quando o dono(a) e/ou sócios(as) desempenham funções dentro da empresa, seja na gestão ou diretamente no operacional, deve-se considerar o valor da hora de trabalho dessas pessoas para contabilizar os custos operacionais e chegar a um valor de venda adequado para seus produtos/serviços.

Confira: Capital de Giro: O que é e como administrar?

Como definir o pró-labore passa os sócios?

Apesar de tamanha importância para a gestão financeira de uma empresa, a definição do pró-labore não é tão complexa quanto parece. Existem algumas regras básicas a serem seguidas que servem como norte para chegar em um valor justo e que esteja de acordo com a remuneração média do mercado para as mesmas funções exercidas pelos sócios.

Como este tipo de remuneração se difere de um salário convencional, não existe um valor mínimo e nem máximo para a realização dessas funções, portanto, é necessária sensatez e ponderação na hora de definir esses valores.

Existem 4 passos iniciais para a definição de um valor de pró-labore para os sócios, observe:

1- O primeiro passo é determinar quais as atividades exercidas pelos sócios;

2- Após classificar essas funções, pesquise a média de salário praticada no mercado para profissionais que as executam;

3- A partir do valor encontrado em sua pesquisa que será baseado o valor de pagamento dos sócios;

4- Leve em consideração que o pagamento do pró-labore deve ser mensal, assim como o salário de qualquer outro colaborador em sua empresa.

Pronto, com esses 4 passos você terá em mãos todas as informações necessárias para definir o valor do pró-labore para os sócios. Com isso, será possível identificar os custos reais de operação da empresa e assim você poderá saber se teve lucro ou prejuízo em seus negócios.

Para aprender mais: Quais os maiores obstáculos e como vencê-los ao administrar um pequeno negócio

E então, entendeu porque definir um valor de pró-labore para os sócios é tão importante para a gestão financeira? Se quiser aprender muito mais sobre tendências, ferramentas, métodos de gestão de negócios continue no blog! Para tirar suas dúvidas e descobrir como nossa consultoria pode te ajudar entre e contato.