Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Minha empresa cresceu: quais cuidados devo ter?

Todo empreendedor quando abre seu negócio, tem como um de seus objetivos  crescimento dele. Entretanto, na maioria dos casos, o empresário não dá conta que a empresa cresceu e muito menos tem os cuidados necessários para lidar com a nova realidade.

O grande sonho de colocar suas ideias e conquistar espaço no mercado se tornou realidade, a lucratividade está indo bem, mas, é nessa calmaria que mora o perigo. Muitas vezes, o crescimento não é identificado pelo empreendedor, que está acostumado com as rotinas corriqueiras de seu negócio e, por isso, deixa de perceber que deste momento em diante, é preciso se comportar e agir como um grande empresário.

A partir do instante em que a empresa cresceu, a vida do empreendedor começa a complicar. Se manter no mercado financeiramente, conseguir crescer de maneira contínua, atender um público grande e cada vez maior, atrair e reter talentos para desenvolver processos otimizados, novos produtos/serviços, e muitos outros pontos, são desafios que começam a aparecer.

Cabe ao empresário saber como lidar com isso e tomar os cuidados para que tudo o que foi construído até então, não vá por água abaixo.

A empresa cresceu: os 4 primeiros passos

A empresa cresceu, você notou isso e sabe que é preciso se transformar como empreendedor para manter o negócios nos trilhos e garantir que tudo continue bem e em crescimento contínuo. Existem 4 ações primordiais nessa hora, observe:

1- A empresa cresceu, o empreendedor também precisa crescer: capacite-se!

Não é possível acompanhar o crescimento da empresa se o empresário também não aumentar seus conhecimentos. Não é possível gerir tantas novas atribuições e ao mesmo tempo desenvolver novas metas sem possuir o conhecimento necessário para isso.

Sabendo disso, não deixe de investir em sua capacitação. Cursos, palestras, workshops são fundamentais para aumentar seus horizontes e oferecer novas oportunidades. Com o conhecimento adquirido é possível atentar ao caminhos que a empresa está tomando, entender como se comportar no mercado, como ser autoridade em seu nicho e construir novos valores para o negócio.

2- Investir na estrutura de sua empresa é indispensável

Assim como uma grande construção, uma grande empresa também precisa de uma boa estrutura para se manter em pé e sem oferecer riscos para todos.

A empresa cresceu, é preciso aceitar a setorização e integração de novos processos e tecnologias para garantir o bom desenvolvimento de todas as novas rotinas necessárias para atender essa nova e maior demanda.

Invista em consultorias empresariais para entender o que é preciso, relacionado tanto ao físico (infraestrutura, recursos humanos, suprimentos) quanto ao organizacional, para ter controle dos processos, desenvolver ações, realizar investimentos e muitos outros fatores necessários para assegurar o desenvolvimento e se prevenir de surpresas desagradáveis.

3- Invista em políticas de recursos humanos diferenciadas

Não tenha medo de ir além do básico: pagamento, demissão e contratação. Além disso, avalie seus critérios de contratação, pagar o salários mais baixo permitido é uma economia momentânea e com o tempo reflete diretamente na queda de produtividade, de motivação e na qualidade dos serviços.

Comece a oferecer benefícios e salários diferenciados, não precisa ir além do que é possível, entretanto sempre é possível chegar a um equilíbrio saudável que garanta a valorização de seus funcionários e a rentabilidade de seu negócio.

Para os novos colaboradores, é fundamental desenvolver treinamentos de integração, muitas vezes o novo funcionário é capacitado, mas pode não saber exatamente o que precisa ser feito e como fazer. Não esqueça também de suas equipes atuais, que precisam e devem ser desenvolvidas profissional e pessoalmente.

Lembre-se! Oferecer benefícios aos funcionários é um custo muito menor para a empresa que a reposição de trabalhadores e operar com pessoal desqualificado e desmotivado. Não é fácil encontrar mão de obra qualificada e muitos menos que esteja habituada com as rotinas, processos e outros fatores organizacionais de seu negócio.

4- Comece a olhar seus funcionários com outros olhos

Comece a notar quais são os talentos em sua empresa e auxilie o desenvolvimento desses funcionários. Você precisa de pessoas de confiança, comprometimento e que entendam bem o funcionamento do negócio, uma vez que não pode mais dar atenção às rotinas básicas de sua empresa.

Esses talentos podem e são os mais indicados a assumir os novos cargos de liderança que venham a surgir de acordo com a necessidade da empresa, por isso, construa um relacionamento saudável e promova o crescimento pessoas e profissional desses colaboradores.

Este comprometimento e respaldo por parte da empresa faz esses funcionários se sentirem parte e responsáveis pelo desenvolvimento da empresa, além de se tornarem pessoas de extrema confiança e importância para o empreendedor.

8 dicas para o empreendedor de uma empresa que cresceu

Como dito no início deste conteúdo, se a empresa cresceu, o empreendedor precisa indispensavelmente mudar sua forma de se comportar e agir, confira 8 dicas para se adequar:

1- Sua vida particular deve ser totalmente separada da empresa. Estabeleça uma retirada mensal (veja como um salário), conhecida como pró-labore. Em hipótese alguma emita cheques ou realize pagamentos particulares com o dinheiro da empresa ou vice-versa.

2- Conte somente com profissionais qualificados. Seus funcionários devem ser transformados em equipes, invista em treinamentos e explore a criatividade de seus talentos.

3- Muitas vezes, o que por muito foi visto como luxo, agora é necessidade. Invista em qualidade, forneça bons equipamentos para os funcionários, adquira novas tecnologias para melhorar seus processos, facilitar as rotinas de seus colaboradores e atender as necessidades de clientes.

4- Abuse da tecnologia da informação e suas soluções para controlar seus processos, resultados e ter informações de qualidade para desenvolver estratégias e tomar decisões rápidas e assertivas.

5- Não esqueça de “equipar” sua empresa com profissionais e ferramentas para controle financeiro total e integralmente registrado.

6-  Não é possível ser grande, sobreviver e/ou ser competitivo sem investir em estratégias de marketing. Isso é vital para levar seu produto até seus novos clientes, saber o quanto vendeu, por onde vendeu, como foi vendido, o que deixou de sair e porque isso aconteceu, para comparar seus preços, prazos, ofertas e diferenciais em relação aos seus concorrentes.

7- Use seu marketing para identificar as mais novas tendências de mercado e sociais para não ser pego de surpresa e sempre estar adequado quanto os novos desejos e necessidades do consumidor.

8- Um grande empresário vive um ciclo infinito de aprendizado e sabe que é preciso ter pessoas ao seu lado para alcançar o sucesso. Para sua empresa continuar crescendo é fundamental que você também cresça como pessoa e como empreendedor.

Pronto! Sua empresa cresceu e agora você sabe quais os cuidados necessários devem ser tomados para que tudo continue bem e melhore com o passar do tempo. Se precisar de ajuda de um profissional em gestão para estruturar o negócio nesta nova fase, entre em contato!

Summary
Minha empresa cresceu: quais cuidados devo ter?
Article Name
Minha empresa cresceu: quais cuidados devo ter?
Description
Todo empreendedor quando abre seu negócio, tem como um de seus objetivos crescimento dele. Entretanto, na maioria dos casos, o empresário não dá conta que a empresa cresceu e muito menos tem os cuidados necessários para lidar com a nova realidade.
Author
Publisher Name
Nodari Consultoria
Publisher Logo