Mais informações: +55 11 2367-0029 ou contato@nodariconsultoria.com.br

Precificação de serviço: o que é preciso saber para calcular seu preço de venda

A precificação de serviço é o que garante à empresa um equilíbrio entre cobrar menos e ter prejuízos ou cobrar demais e perder clientes. Pode parecer muito óbvio, porém muitas empresas com ideias inovadoras e potencial de crescimento morrem por não calcular corretamente o preço de venda de seus serviços.

A falta de informação sobre esta ferramenta torna a tomada de decisões e a estratégia financeira menos assertiva devido à falta de dados precisos relacionados à rentabilidade dos serviços prestados. Quer saber como calcular os preços de seus serviços? Continue a leitura e aprenda!

Leia também: Como ter uma gestão de custos eficiente na sua empresa

Um dos maiores desafios para as PME’s e MEI’s é a precificação de serviço

Se você puder perguntar para qualquer empreendedor que presta serviços, qual um dos maiores ou maior desafio em sua atividade, a resposta de muitos será: a precificação de serviço e/ou receber do cliente o devido reconhecimento.

Atualmente, devido a disponibilidade de informações na internet, todos os usuários têm o poder de pesquisar e comparar os preços por um determinado serviço e por isso, está mais normal do que nunca se deparar com clientes que não perdem a oportunidade de “chorar” no preço.

Não que seja injusto negociar valor de determinado trabalho, é preciso ter certa flexibilidade na precificação de serviço mas, ao mesmo tempo, é fundamental garantir que o preço seja justo e esteja de acordo com o valor merecido por seu trabalho e experiência.

Quando existe muita flexibilidade e profissionais que cobram um valor aquém do justo, todos os prestadores do mesmo segmento são afetados, de certa forma, o preço base acaba caindo por isso.

Um bom exemplo seria a formatação de um computador, que há 10 anos custava no mínimo 100 reais; hoje, os preços podem chegar a 30 reais.

Será que o cliente sai ganhando com isso? Será que o preço cobrado é suficiente para remunerar adequadamente os custos do serviço?

Aprenda mais: Patrimônio Líquido: o que é, qual sua importância e como calculá-lo

O que levar em consideração na hora calcular seu valor de venda

Além de ter conhecimento sobre seus custos e despesas, existe uma série de fatores que influenciam na precificação de serviço. É preciso ir além, os preços praticados por sua concorrência também são determinantes do valor a ser cobrado, já que hoje, os consumidores estão empoderados com o conhecimento entregue no mundo online e, por isso, pesquisam e comparam preços e a qualidade dos serviços em instantes na comunidade virtual.

É fundamental também revisar periodicamente seu preço de venda, os valores são variáveis e a qualquer momento um fornecedor pode alterar o preço de algum recurso indispensável, os consumidores podem se tornar mais exigentes e menos propícios a pagar o valor habitual ou então a concorrência resolve fazer ofertas fora do padrão.

Sabendo disso, ao iniciar desenvolvimento do preço de seus serviços, é importante ter em mente que os preços calculados servem apenas como referência na precificação. Não por isso os números obtidos com cálculos podem ser descartados, eles servirão de parâmetro para análise de uma estrutura de custos competitiva.

Para ter uma melhor gestão do seu negócio: Capital de giro: o que é e qual a sua importância

Pronto para começar a calcular?

Como calcular a precificação de serviço

Para calcular o valor de venda dos seus serviços são necessários 8 passos, observe:

Passo 1-  Calcular o valor da mão de obra direta – Custo da hora

Custo da hora = Valor dos salários (valor total gasto com mão de obra mensalmente ou do salário de todos os funcionários) + Encargos sociais (consulte seu contador sobre a incidência dos encargos sociais/trabalhistas) / (Nº de empregados x 160 hrs)

Ex. de uma empresa com 2 funcionários e uma folha de pagamento de R$3000:

Custo da hora = 3000+1800(60% de encargos)/(2×160)

Custo da hora = 4800/320

Custo da hora = R$15,00

Passo 2 – Calcular o custo dos materiais diretos

Este passo é bem simples, basta somar custo de todo o material usado para prestação de cada tipo de serviço oferecidos.

Ex: Valor dos materiais diretos =  material 1 + material 2 + material 3 + material 4 = …

Vamos usar neste exemplo um total de R$25 reais.

Obs: Lembre-se de todos os materiais usados, um alfinete que seja, o valor de cada item influencia na assertividade da precificação de serviço!

Passo 3 – Calcular o custo unitário de serviço – CUT

Custo unitário = (Custo da hora x nº de horas) + Custo dos materiais diretos

Custo unitário = (15*4) + 25

Custo unitário = 60 + 25

Custo unitário = 85

Passo 4 – Calcular os custos fixos – CF

Primeiramente é preciso obter o custo fixo médio (CFM) e receita bruta média (RBM) nos últimos 6 meses.

Vamos usar o seguinte exemplo:

CFM = R$2000

RBM = R$16000

Com esses valores você deve obter a relação entre CFM e RBM ou seja, CF% – percentual do custo fixo em relação a receita bruta.

Para isso:

CF% = (CFM / RBM) x 100

CF% = (R$ 2.000,00 / R$ 16.000,00) x 100

CF% = 12,50%

Este resultado significa que cada venda de serviço prestado deverá suportar 12,50% dos custos fixos.

Passo 5 – Obter os custos variáveis de venda – CVV

ISS – 5,00% + PIS – 0,65% + COFINS – 3,00% + CONTRIBUIÇÃO SOCIAL – 1,08% + IRPJ (Lucro Presumido) – 1,20%

Total = 10,93%

Pergunte ao seu contador sobre os tributos incidentes que podem variar de acordo com o segmento atendido para não errar na sua precificação de serviço.

Passo 6 – Definir a margem de lucro – ML

A margem de lucro é definida a partir de suas metas, objetivos e necessidade do negócio. Para seguir com os exemplos vamos usar uma margem de 15% de lucro obtido por venda.

Passo 7 – Calcular a taxa de marcação – TM

A taxa de marcação (TM) é o fator que define o preço de venda do serviço, observe como calcular:

TM = 100/100 – (CF% + CVV + ML)

TM =  100/100 – (12,50 + 10,93 + 15,00)

TM = 100/100 – 38,43

TM =100/61,57

TM = 1,62

Passo 8 – Calcular preço de venda – PV

Com todos os elementos em mãos use a seguinte fórmula para calcular seu preço de venda (PV):

PV = CUTxTM

PV = 85×1,62

PV = 137,7

Para esta empresa usada como exemplo, o preço do serviço é de R$137,70.

Para conseguir melhores resultados e inovar, leia: Benefícios da assertividade no empreendedorismo e Como aplicar atitudes sustentáveis no pequeno negócio?

Pronto, agora você está preparado para realizar sua precificação de serviços e sabe também quais fatores devem ser levados em consideração além dos cálculos. Se quiser aprender mais sobre gestão de negócios, continue navegando no blog! Para descobrir como transformar a gestão do seu negócio, entre em contato.

Summary
Precificação de serviço: o que é preciso saber para calcular seu preço de venda
Article Name
Precificação de serviço: o que é preciso saber para calcular seu preço de venda
Description
A precificação de serviço é o que garante à empresa um equilíbrio entre cobrar menos e ter prejuízos ou cobrar demais e perder clientes.
Author
Publisher Name
Nodari Consultoria
Publisher Logo